sexta-feira, 14 de janeiro de 2011

O Gauchão e a Mazembier

Mais um Campeonato Gaúcho na vida de todos nós. O de 2010 foi o meu último como cronista esportivo.

O bom da vida é isso: tem coisas boas, tem coisas ruins.

Agora, depois de 32 anos, vou acompanhar o Gauchão sem compromisso profissional, apenas como espectador. Nem como torcedor, porque realmente é um campeonato que não me motiva, ainda mais com um Coca Cola de rabo.

É claro que aos poucos o Gauchão vai conquistando a gente. Sempre tem algumas confusões ao longo das rodadas.

Mas no início ele quase passa indiferente.

Eu só me toquei que o campeonato começa neste sábado quando um colega me apresentou os jogos para eu preencher os palpites do buquimequi.

Andei muito envolvido com a produção de cervejas para atender minimamente o pessoal que anda me escrevendo. São dezenas. Uma enxurrada, pra usar uma expressão tão empregada ultimamente. É impressionante a mobilização dos gremistas em tudo o que envolve o clube.

Sou ruim de buquimequi. No campeonato brasileiro do passado fiquei na zona da sul-americana, namorando o rebaixamento.

Estou quase chegando à conclusão de que quanto mais a gente acompanha, menos conhece futebol.

O Gauchão começa insosso como cerveja sem colarinho.

Ainda mais que o Inter vai de time B. É um time B aparentemente forte. Mas o Cruzeirinho joga em casa, o gramado deve ser ruim. Acho que o Inter não vence.

Já o Grêmio pega o time da cidade onde me criei, joguei bola e fingi que estudei. Bons tempos.

Saí de Lajeado no início dos anos 70. Queria fazer faculdade. Não aceitava terminar meus dias bebendo no clube Caixeiral ou Tiro e Caça como os caras mais velhos que via todo final de tarde, começo da noite. Todos fazendo um tempo antes de chegar em casa. Uma rotina até boa, pra quem gosta.

Com seu time titular, o Grêmio deve vencer o Lajeadense com facilidade. Cravei 4 a 1 no buquimequi.

Bem, o Gauchão é assim: começa como treino pra Libertadores ou Copa do Brasil. Depois, se torna importante.

Vencer o Gauchão nao significa mais muita coisa. Perder, sim.

SAIDEIRA

A dupla Gre-Nal tá devagar nas contratações. O Grêmio, Renato revelou, anuncia um grande nome ainda neste sábado. Falam em Giovanni, ex-Cruzeiro.

O Inter traz outra promessa: o atacante Alex, do Fluminense.

Falta dinheiro nos dois clubes.

FECHANDO A CONTA

Hoje, dia 14, é o Mazembe Day. Quem me alertou foi um gremista que me telefonou à tarde. Queria saber se eu já tinha a Mazembier pra ele brindar à noite.

A Mazembier será lançada durante o dia aqui no boteco.

Está boa demais.

O problema, conforme observou o amigo Chico Izidro, é que

"a gente toma duas e vai ligeirinho pra casa".

O Chicão não perdoa. E não esquece.

Quer dizer, o que é ruim ele apaga.

4 comentários:

  1. RICARDO DE CRUZEIRO14 de janeiro de 2011 21:55

    Te criaste em Lajeado,fingiste estudar no Castelinho,ok.tudo certo,mas jogar bola...onde caríssimo,no máximo "bicão" e ainda perdias todas para mim.e não fala mal do caixeiral porque tomamos mais do que uma nas mesas debaixo das árvores.

    ResponderExcluir
  2. Grande Ricardo,
    eu era craque, só ruim no bicão, que é coisa de zagueiro tipo Felipão.
    Caixeral era ótimo, mas não pra passar a vida
    sob suas árvores.
    Lá eu tomei o melhor sorvete de pessego que já conheci.
    O de morango o melhor era o do Urso Branco.

    Apareça mais aqui no boteco

    ResponderExcluir
  3. Anônimo disse...

    Ilgo sugiro que elabore a cerveja do lamb lamb, vai ser amarga e sem alcool, ou seja assim como ele sem graça, até pq quem bebe ceva sem alcool bem da cabeça não é.......
    e os reforços do gremio, cade os grandes dirigentes que falam mal do meira e sua trupe e não fazem nd de melhor pelo menos até agora....libertadores não é igual a gauchão e o gremio precisa de no minimo um volante de qualidade um meia e um zagueiro e ver se nao vai fazer falta um lateral esquerdo....
    Passando a regua, tenho um amigo meu que viaja direto a montevideo e ele me disse que o tal zagueiro coates é melhor que o lugano e o de leon e logo estará num clube da europa, pena que o gremio nao consegue nem esse jogador pra vir jogar no olimpico.

    ResponderExcluir
  4. Com esse time o Grêmio nao vai longe na Libertadores. É preciso ao menos um castelhano nesse time, pode ser o Coates, que todo mundo elogia.
    Agora, Gilberto Silva não.
    Esse não rouba a bola de ninguém mais.

    Lajeadense empatou. Me quebrei. Achei que ia dar goleada. subestimei o meu velho time.

    ResponderExcluir