quinta-feira, 31 de março de 2011

Renato, as situações esdrúxulas e um ano sem CP

No final da tarde de hoje, na Band, um conhecido jornalista esportivo classificou de 'a coisa mais esdrúxula' que tinha visto no futebol gaúcho nos seus '15 anos de carreira' essa situação envolvendo a folga de Renato.

Com o tom de voz elevado, um tanto acima do normal, criticou Renato por ter pedido afastamento para jogar futevôlei 'em pleno campeonato gaúcho' e a direção por ter permitido.


Incluo essa manifestação no arquivo dedicado aqueles que não se conformam que o Grêmio (sua torcida ao menos, e é o que afinal importa) tenha essa relação de amizade, de cordialidade de tolerância com seu maior ídolo. Parece que isso incomoda, perturba, inquieta e, em alguns casos, causa revolta e inveja.


Se a questão é o afastamento em pleno Gauchão, como podemos classificar a decisão de uma diretoria e de sua comissão técnica de escalar um time C para disputar uma parte significativa do campeonato, o que resultou na sua eliminação prematura da primeira fase? Será que cabe a palavra esdrúxula para essa decisão? Acredito que sim.


Estou certo de que essa questão do futevôlei teria outro tratamento se o Grêmio tivesse perdido o primeiro turno.


Colegas do talentoso jornalista apressaram-se a lembrar de situações mais ridículas: a poltrona 36, por exemplo.


Mas aí fugimos um pouco da questão que interessa: a gestão do futebol. Nesse aspecto, nada pode ser comparado ao que fez a diretoria anterior do Grêmio ao esperar 40 dias por um treinador em meio à disputa de uma Libertadores. Por coincidência, Renato era apontado em todas as pesquisas feitas com a torcida gremista como um dos fortes candidatos a substituir Roth (toc-toc-toc).


Enfim, essa foi de longe a decisão mais esdrúxula e estapafúrdia que eu vi nos meus 32 anos de carreira como jornalista, a maior parte do tempo no futebol.


Estou convencido de que o colega, na ânsia de alfinetar Renato, não pensou muito sobre o assunto, ou foi traído pela memória. Ou, ainda, realmente acredita que dar folga a Renato foi mesmo uma decisão que causou enorme prejuízo à instituição. É uma questão de valores.


SAIDEIRA


No Sala de Redação, percebi que seus participantes ficaram consternados com a situação de Gilson, que depois de marcar o gol mais bonito de sua carreira, foi imediatamente substituído por Renato. Teria sido uma espécie de punição. Não foi, claro. Por que Renato iria punir o lateral esquerdo que mais admira no elenco gremista? Era uma questão de buscar a vitória e, nesse caso, não se pode perder tempo. Renato colocou um atacante.


Ah, pobre do Gilson. Ah, digo eu, pobre do torcedor que tem que aguentar o Gilson.


FECHANDO A CONTA


Há exatamente um ano, mais ou menos neste horário, eu decidia deixar a Caldas Jr, onde comecei a trabalhar em 1978. Foi uma decisão difícil, mas as circunstâncias me deram força e determinação.


No dia seguinte, primeiro de abril, pela manhã, bem cedo, entreguei minha carta de demissão no departamento de pessoal.


Um mês depois, convidei colegas do esporte que julgava amigos (afinal, tínhamos uma relação fraterna, éramos quase uma família, daquelas que se dá bem) para uma confraternização num bar. Só apareceu o Chico Izidro.


Agora, cheguei a pensar em convidar os ex-colegas de tantas brincadeiras na redação para um encontro comemorativo a este primeiro aniversário de desligamento do CP. Poderíamos falar do velho Moura, que nos deixou recentemente, e dos velhos tempos. Daríamos boas risadas. E, claro, falaríamos mal dos ausentes, que é a melhor parte nesses encontros.


Mas acabei me dando conta que pagaria outro mico, passaria por outra decepção. De decepção chega as que o Grêmio me dá.


Hoje, infelizmente, eu sei que nós não éramos tão amigos quanto eu imaginava. Mesmo assim, ficaram os bons momentos, e estes são meus parceiros para sempre.

24 comentários:

  1. Ilgo, vou te dar uma sugestão: faça um encontro aqui do "boteco", num "boteco fisico", com todos os participantes.
    Tenho certeza que muitos irão, bem mais que na tua despedida do CP.

    Abraços,

    ResponderExcluir
  2. Em viajem SP, mas antenado. Claudio; se estiver em Porto pago à primeira rodada.
    Com: Jota, Josias, Gérson (Patrick), Rene, Dener, Ronaell, Guilherme, Everton (Bruno), Mateus (Lindeberg), Sandro (Alexandre) e Everaldo (Cleber) o Grêmio venceu ao Cruzeiro por 3 a 0. Claro que 1 deles foi do CRAQUE e CAPITAO Gérson.

    No sábado o Grêmio volta a campo pelo Gauchão Junior contra o Esporte Clube Ivoti, às 15h30, no CT Hélio Dourado, em Eldorado do Sul.

    ResponderExcluir
  3. Estranho! Ninguém comentou a chegada do Romário Mendes Pereira. Ninguém vê a página do Grêmio? Eu informei.http://www.gremio.net/player/view.aspx?id=1097&language=0&i=plantel

    ResponderExcluir
  4. Foi necessário o zagueiro Matheus do Grêmio (irmão do Maylson) para marcar gol na sub 17 já que o ataque foi inoperante. Outro que jogou e mostrou serviço foi o Volante Misael também gremista. Os jogadores badalados pela imprensa vermelha convocados andam apagados.

    ResponderExcluir
  5. Francisco, já to curioso pra ver o Emerson jogar de tanto que tu o elogias.

    Claudio, sobre um encontro num boteco é algo pra se pensar. vamos amadurecer a ideia.

    ResponderExcluir
  6. Gérson; o melhor jogados da Seleção sub-17 campeã da 7ª Copa Sendai, no Japão.
    Gérson, do Grêmio, foi eleito melhor jogador da competição.

    ResponderExcluir
  7. Ilgo,

    Se o comentarista da Band chamou de exdruxuola a liberação do Renato.
    O Zini Pires disse que era INACREDITAVEL.
    Bom, causa espanto o que estes caras comentaram.
    Tem que avisar eles que a inveja mata.

    ResponderExcluir
  8. Concordo, faz 1 encontro com os botequeiros num bar de verdade, e chama tb o roedor maldito, vai ser legal.

    ResponderExcluir
  9. Sinti-me honrado pela lembrança, hehe
    Dia desses (sexta passada, acho) passei no bar aquele da esquina da Marechal com a Demétrio, ou já José do Patrocínio, e dei uma espiada, achando que talvez visse alguém do Cpovo por lá. Mas não enxerguei ninguém conhecido.
    O Zini Pires, ou Dr. Octopus, é tão imbecil que conseguiu ver "prejuízo financeiro" ao Adriano Imperador, quando ele sacaneou a Inter de Milão e veio de graça pro Flamengo. "De graça",pq o Fla, não precisou pagar a Inter, mas ele, claro, faturou grana alta.E agora, outra vez.
    O Adriano é hilário, o cara tem a cara-de-pau de dizer que "perdeu dinheiro". Oh, q bonzinho. O sujeito tem um contrato, por exemplo, digamos, 10 mi euros. Aí não joga nada, não faz um gol sequer, sendo centroavante, atrasa em quase toda reapresentação, ganha dispensa p tratamento médico e se envolve em confusão na noite e ainda ahca q, se ganhar 8 mi p cair fora, "saiu perdendo". naõ, quem saiu perdendo foi a Roma.
    Mas o Octopus, burro, não enxerga isso.
    P.S. Blogueiro, um amigo meu, um cara muito bonito, inteligente, Colorado, etc..., enfim, a irmã dele casou-se em 1978, num sábado pela manhã. Muitos amigos do pai dele faltaram, e porquê? Ora, era um 1º de abril.
    Pombas, tu marcas uma janta p um 1º de abril, claroq teus camaradas devem ter pensado que era trote. Hehehe

    ResponderExcluir
  10. sinti-me é bom, SINTO-ME!

    ResponderExcluir
  11. Ze´Esquilo não pode faltar.
    ainda mais se tiver o Francisco para os dois fazerem as pazes.

    ResponderExcluir
  12. Um encontro do Boteco serio muito legal! Ainda mais com o roedor, que terá que pagar a conta por ser o único colorado entre os botequeiros!

    Ilgo, andei ausente do boteco, então não sei como estão os outros post's, que depois irei ler, mas ao meu ver o grande pecado gremista em 2011 chama-se DIREÇÃO!

    Outra coisa, o Victor não é nem sombra daquele Victor de 2008, quando defendia até assombração no vice campeonato brasileiro. Ainda, a selação faz um mal danado no Victor, uma porque quando não é chamado fica depressivo, duas porque quando é convocado volta falhando muito. Acha sacado para aguentar esse goleiro!

    ResponderExcluir
  13. Ótima idéia a do encontro! E acho que ficaria legal assim: a galera paga os comes e o blogueiro bota a ceva!! Só 1983, lógico!

    ResponderExcluir
  14. Pô, tu sabe que comigo pode contar. Afinal, foram 16 anos de uma bela convivência, que evidente ainda não terminou. A genet não se vê mais todos os dias, mas de vez em quando sempre saímos para aquela cerevjinha. Aliás, a 1983 estava deliciosa, assim como foi o primeiro título mundial de um clube gaúcho, que até hoje "eles" tentam desmerecer.

    ResponderExcluir
  15. A Band não se pode levar a sério...quem banca o esporte é um colorido!

    ResponderExcluir
  16. vamos marcar o lugar, dia e hora.
    aceito sugestões.

    ResponderExcluir
  17. TEM QUE FAZER ESSA REUNIÃO ILGO, MAS FALANDO DA INCOPETENCIA DA DIREÇÃO DO GREMIO, VI NO TERRA QUE O PALMEIRAS ESTA TENTANDO O ATACANTE DO CRUZEIRO WELLIGTON PAULISTA, E O ODONE PREFERE O CLEMENTINO......
    ESSE W. PAULISTA CAIRIA COMO 1 LUVA NO GREMIO, MAS NEM TENTAR A DIREÇÃO TENTA, FAZER O QUE VAMOS SER CAMPEÕES DA LIBERTADORES COM LINS, VIÇOSA, CLEMENTINO AH E O GILSON GRANDE LATERAL...... QUE TRISTEZA.

    ResponderExcluir
  18. Concordo com o Marcelo, acho o w.paulista muito bom jogador, e no Gremio ele serai titular certo. Com este grupo de jogadores no max. o Gremio passa até as quartas, e olhe lá.
    A direção deu muito poder ao Renato e agora ele faz o que quer, sendo que até as contratações ele decide quem vem, deste jeito os gilsons, clementinos, e com 1 defesa que vaza sempre, até pq eu nunca gostei desse rafael marques (ele é lento e não sabe se posicionar), nunca vamos ganhar 1 competição como brasileiro ou libertadores.

    ResponderExcluir
  19. Ilgo, é proibido expusar o nanico fala fina????

    ResponderExcluir
  20. em tempo: expulsar

    ResponderExcluir
  21. Quem sabe não jogam todo o time no lixo, gritam abra cadabra e tiram milhões e milhões de reais da cartola.

    ResponderExcluir
  22. W. Paulista seria um grande reforço.
    a direção precisa contratar urgente um centroavante.
    Se o Borges não puder jogar, quem entra?
    O Viçosa?

    O Inter ficou no 1 a 1 com o Lajeadense. Como é que a dupla consegue perder tantos pontos para esses times do interior?

    ResponderExcluir
  23. Simples. A grande maioria dos "craques" da dupla são jogadores de jornal, fabricados pela imprensa. Os exemplos são inúmeros. O atleta faz uma partida boa e já é herói, craque, fenômeno e, expressão preferida pelos entendidos, " diferenciado". Na realidade, o futebol moderno está nivelado pela preparação atlética. Qualquer jogador mediano, com elementares noções de futebol, ombreia com os de ponta. No meu modo de ver o futebol o que faz realmente a diferença é a inteligência para jogar futebol, o atalho, a capacidade de enxergar além do óbvio. Dou um exemplo: nosso querido Roger Flores. Em minha humilde opinião, esse sim, um craque. Logicamente que aliado à preparação física, um esquema racional de jogo, com aproveitamento total do campo de jogo. O resto é conversa de empresário...

    ResponderExcluir
  24. Caro Ilgo, há pouco tempo descobri teu blog e me surpreeendi: és Gremista, imortal como eu? Fui pesquisar se era o Ilgo do CP e era. Este teu comentário reflete a verdade: são pouco os amigos que fazemos no ambiente de trabalho. Sempre tive um convicção: amizade é um sentimento que leva anos para ser forjado, mas é raro em ambiente de trabalho (apesar do tempo), onde um quer aparecer mais que o outro, não pensa duas vezes em puxar o tapete do cara que batalha contigo anos a fio, ombro a ombro. Seres humanos simplesmente. Um abraço desse teu novo seguidor.

    ResponderExcluir