terça-feira, 15 de março de 2011

Só os títulos são eternos

Ao participar do Cadeira Cativa, ontem, defendi a atuação do Márcio Chagas da Silva, mais ou menos repetindo o que escrevi aqui. Estava presente o técnico Lisca, que criticou os acréscimos dados pelo juiz no tempo do jogo, assim como boa parte da crônica esportiva e também o atacante Damião. Sem contar as brincadeiras pela internet feitas por torcedores colorados, todas muito criativas, como essa de o auxiliar levantar a placa onde aparece escrito em letras luminosas: 'vai até empatar'.

Aliás, ao comemorar o gol lembrando os acréscimos, Damião quis mexer com os gremistas, mas na verdade agrediu a arbitragem. Jogadores gremistas criticaram o Damião, mas eu acho que o tribunal de justiça desportiva da FGF poderia intimar o jogador a explicar sua atitude. Afinal, ele estava ironizando o trabalho de um juiz de um jogo que sequer era o dele.

Fora isso, nada contra a brincadeira do Damião. O futebol anda muito carrancudo, dentro e fora de campo.

Por falar em carranca, o Muricy está aí, disponível. O técnico multicampeão está livre. Vejo aqui e ali muitos colorados sorridentes. Há quem vá torcer contra o Inter na Bolívia na esperança de ver Muricy no lugar de Roth...

Por outro lado, especulações sobre a volta de Renato ao Flu. Duvido que Renato, apesar de seu fascínio pelo Rio, vá se deixar seduzir pela tentação de voltar. Renato valoriza e preza muito sua imagem de ídolo do clube do seu coração.

Mas...

SAIDEIRA

Segue a polêmica envolvendo o Beira-Rio. Acho que o clube não deve vender sua alma só pra garantir a Copa do Mundo no seu estádio.

Escrevi o mesmo sobre a troca do Olímpico pelo Banhadão do Humaitá. Sei que o Banhadão é o pato feio que um dia se revelará um formoso cisne, mas não gosto dessa história dos 20 anos e preferia mesmo uma bela reforma do Olímpico.

O Brasil, do governo Lulla, se curvou à Fifa (as empreiteiras agradecem). Os clubes poderiam manter a coluna ereta.

Gostei da postura do São Paulo, que, diante do que exigia a Fifa, mandou os velhinhos suíços pra aquele lugar.

Agora, o presidente Luigi teme ficar marcado como o presidente que entregou a Copa para o Grêmio. Para mim isso não significa nada.

O que me interessa são as vitórias, são os títulos, porque esses são eternos.

FECHANDO A CONTA

Está espumando uma nova safra da 1983, já estupidamente gelada. Reservas pelo email
ilgowink@gmail.com.

9 comentários:

  1. BARBARIDADE, Punir i Leandro Damião pq fez uma brincadeira e ainda por cima meio sem graça.
    São uns chorões de marca maior mesmo.
    Vivem a debochar, são arrogantes como foi o próprio presidente de vcs em pleno ato de posse do cargo.
    Jogadores desfilam com caixão do adversário; falam todos os absudos e quando saí uma brincadeira de guri se atiram aos microfones e aos blogs chorando q nem um bando de gazelas.
    Barbaridade.....

    ResponderExcluir
  2. CPOVO Futebol Internacional15 de março de 2011 14:10

    o cara quer trabalhar na RBS. Cara, acorda, ao invés de falar mal de teus colegas da Rádio Guaíba, vai aprender o básico. Hj, pra variar, DE NOVO, OUTRA VEZ, o sujeito interpreta errado o regulamento mais q manjado da Copa dos Campeões da Europa, q é o mesm oda Copa do Brasil, da Libertadores até a final, etc...
    Vai ser incompetente.......

    ResponderExcluir
  3. Falando em arrogância, quem sabe tu lê os próprios comentários...
    Sobre o beira lago, acho que o inter demorou pra fazer algo. Se tivesse feito campanha mais efetiva o ano passado para vender camarotes, campanha para o sócio adiantar mensalidades e outras coisas do tipo, acho que já tinha levantado o dinheiro. Poderiam ter acabado com o time b ano passado.

    ResponderExcluir
  4. é, acabar com o time B q segundo a MÍDIA GREMISTA custa muito caro...
    HHEHEHE
    Aprende, filhão, já q o paipai gremista não vai te ensiná:
    1- Libertadores 2010, primeira fase:
    O pênalti "anulado", teve participação fundamental de Abondanzieri um goleiro q virou reserva na mesma competição. Além disso, defendeu a bola da classificação na partida contra o Banfield, lá.
    2 - Os gols que garantiram a classificação na primeira fase foram de Andrezinho além do Giuliano, que marcou o gol q livrou de pegar o Cruzeiro em seguida.
    3 - Segunda fase: Walter garantiu a classificação na partida de volta, contra o Banfield.
    4 - Sorondo, outro reservar, gol contra o Estudiantes, aqui
    5 - Giuliano, o gol lá em Quilmes.
    6 - Giuliano, contra o SP.
    7 - Giuliano contra o Chivas, no México.
    8 - Damião e Giuliano contra o Chivas, aqui.
    Depois de "apenas" isso, Giuliano saiu por 22 mi, e Damião já rende especulações em torno desse valor.
    E aí, a gremistagem que tanto queria, conseguiu acabar como Inter B.
    Parabéns p vcs, já q não têm capacidade pra fazer o que Fernando Carvalho fez, conseguiram induzir a atual direção a cabar com o time B.

    ResponderExcluir
  5. Olha a mania de perseguição...
    Boa lembrança, penalti anulado, mando de campo comprado, penaltis não marcados. Realmente, essa capacidade só o fc tem.
    O giuliano veio do profissional do pr. O damiao veio do profissional de não sei que time. Isso não tem muito a ver com o time b.

    ResponderExcluir
  6. Mas posso te lembrar mais ainda:
    PÊNALTI ANULADO FOI INVENÇÃO DO AGOMAR MARTINS, desse o eu paipai não tem queixas.
    E colcoaram na calçada da fama o Oberdan, pelo "feito".

    ResponderExcluir
  7. Só p salientar, dialogamos e não teve palavrão, baixo calão, etc..
    deixa o Izidro entrar aqui com os mil e um nomes dele e vir com palavras xulas e depois tem a cara-de-pau de, fingindo ser outra pessoa, criticar os palavrões.
    Foi ele quem correu as mulheres bonitas do Blog. A Marianinha, a Tamara, a Wanessa.....

    ResponderExcluir
  8. O futebol nos mostra que o prejudicado de hoje é o favorecido de amanhã. Exceto o Corinthians, evidentemente. Time que cai no campo com a clara intenção de prejudicar o andamento do jogo tem, sim, que ser punido com a recuperação do tempo no final. Essas atitudes de crucificar esse árbitro do jogo do Grêmio vai inibir, mais ali adiante, que outro árbitro compense o tempo para o internacional, por exemplo. Nosso futebol é paternalista, amador e individualista, buscando sempre nas arbitragens a explicação para os seus problemas.

    ResponderExcluir
  9. pena não ter lido u comentário desses quando o jogador do curintiá se atirou no chão, ou melhor, FOI EMPURRADO pelo próprio colega, após o Inter fazer 2X2 (com o "rei do gol de honra, Alecsandro")e tentava reagir na decisão da Copa do Brasil. Aí só se ouviu as críticas ao D'Alessandro. A globo então, PARABENIZOU o curintiá pelo lance.
    Antes, tiveram a cara-de-pau de criticarem o Lauro, num globo esporte, pq ele fez cêra no último minuto contra o Estudinates, na SulAmericana, lá em La Plata.
    P.S. Poderíamos voltar no tempo, em Gre-Nais decisivos onde um certo goleiro amado por sua torcida fazia TODA CÊRA DO MUNDO. Nunca ouvi ninguém achar q não era "esperiência".

    ResponderExcluir